Rapidinhas do jovem: Correntes de e-mail

Não tem coisa pior do que ver que você recebeu 20 e-mails e 19 deles são correntes. A facilidade de reenviar conteúdos por correio eletrônico faz com que as pessoas parem de entregar seus recados diretamente e se utilizem de historinhas e imagens para dizer a mesma coisa nas entrelinhas, tipo mandar a paródia: “um homem bateu em minha porta e eu abri. Senhoras e senhores, ponham a mão pro alto. Senhoras e senhores, passem a carteira, senhoras e senhores, deitem-se no chão…”, ao invés de dizer “não abra a porta para estranhos”. Isso se tornou tão conveniente que o pessoal manda tudo o que recebe, não importa se é interessante ou não, afinal, se não mandarem, terão 30 anos de azar.

Mais xarope que a mensagem é quem manda isso tudo indiscriminadamente. Será que a pessoa não conhece os remetentes o suficiente para saber qual dos seus amigos gostarão de determinado conteúdo? Seus amigos ateus não vão reenviar um e-mail com mensagens de santos, e aí? Dá-lhes 30 anos de azar pra eles! Casos da “vida real” então, nem se fala. Quantas vezes o mesmo bebezinho precisou de tratamento para a mesma doença, e cinco anos depois ele ainda tem 6 meses de vida?

Para simplificar minha exposição, vamos aos casos mais recorrentes e mais chatos, acompanhem:

“Veja a foto dessa criança! Se fosse sua filha, você encaminharia? Ela desapareceu mês passado e estão desesperados para encontrá-la!”. Primeiramente, se eu fosse pai dela, eu teria mandado a foto para a polícia, para a TV, para tudo e não deixaria apenas rodando em e-mails por aí. Não contente, faz pelo menos uns cinco anos que eu vejo que essa menina desapareceu no mês passado. Quem é ela, afinal? A Princesa Peach, que vive sendo sequestrada? Encaminhe o e-mail APENAS para os seus amigos chamados MARIO ou LUIGI.

“Olhe esta foto e faça um pedido. Escolha 10 pessoas para passar isso adiante e assim realizar o desejo!”. Eu desejei não receber mais correntes e encaminhei. Não funcionou.

“A Motorola vai dar um celular Milestone com Android para quem encaminhar esse e-mail para 100 pessoas”. Eu encaminhei e ainda estou esperando o Milestone. Não tenho nem o chaveirinho do Android que entregavam num evento de lançamento do décimo celular APÓS o décimo modelo do Milesstione ter saído.

Eu tamém gostaria de saber quem é que deixou o curso de Powerpoint uns 90% mais barato, porque de repente todo mundo aprendeu a usar aquilo para pegar 10 fotos da internet, colocar uma musiquinha midi no fundo e algumas frases aleatórias, só pra te mandar um “Eu quero (próximo slide) que o Senhor (próximo slide) abençoe de coração (próximo slide) este e-mail (próximo slide) que mando (próximo slide) para os meus amigos (próximo slide) …” Não era mais fácil mandar a frase de uma vez só e, principalmente, sem música pra não me fazer passar vergonha caso eu abra no trabalho? Eu devia responder esses e-mails com uma apresentação assim: “Eu quero (próximo slide) que você (próximo slide) se (próximo slide) EXPLODA!” com a trilha sonora “Joga a mãe pra ver se quica”.

Ainda há a clássica finalização para qualquer corrente, dizendo: “se não reenviar este e-mail para 10 pessoas nos próximos 30 minutos, terá 30 anos de azar!” O melhor é que o maldito que me enviou essa corrente ainda começou o texto dizendo “meus amigos”. Não preciso de um amigo que me mande 30 anos de azar caso eu não repasse correntes.

E o pior de todos: “Você vai se recusar a repassar este e-mail de JESUS??”. Esses merecem uma resposta automática do tipo “você vai continuar usando o santo nome em vão?? Queime no mármore do inferno!”

Portanto, internautas, pensem 50 vezes antes de repassarem correntes. Se as imagens são legais, mandem no corpo do e-mail. E por favor, retirem os endereços dos outros destinatários e mandem tudo em CCO (cópia carbono oculta), e, principalmente, mandem coisas que valham a pena ler. Selecionem também os destinatários. Quem gostaria de ler “uma história bonita de um velho que descobre o valor da vida cinco minutos antes de morrer”? Se você sabe que alguns contatos não estão a fim de ler isso, NÃO ENVIEM. Não perca o amigo para não perderem a piada.

Agora se você concorda com essas regras de etiqueta da internet, repassem esse texto. Não copiem em e-mails, mandem o endereço via twitter, messenger, Facebook ou só a URL no corpo do e-mail. Chega de correntes!

Comments
2 Responses to “Rapidinhas do jovem: Correntes de e-mail”
  1. Maria Lúcia disse:

    Gostei muito. Concordo com a sua idéia.

  2. AnaLu disse:

    Eu só recebo e-mail de lojas da internet! Pq será? =o

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Minha Vida Antes dos 30 em números

    • 25,917 acessos
%d blogueiros gostam disto: